Laranja

Fruticiltura-Laranja

A citricultura sergipana encontra-se disseminada principalmente em 14 municípios das microrregiões homogêneas do Litoral Sul Sergipano, Sertão do Rio Real e Agreste de Lagarto. São eles: Arauá, Boquim, Cristinapólis, Estância, Itaporanga D’ajuda, Itabaianinha, Indiaroba, Lagarto, Pedrinhas, Riachão, Salgado, Santa Luzia, Tomar do Geru e Umbaúba. Os municípios com maior potencial de expansão são: Areia Branca, Capela, Dores, Japoatã e Neópolis. 

Padrão tecnológico:
As culturas de citros necessitam de solo profundo, bem drenado, silico-argiloso, de preferência plano. A temperatura deve ser preferencialmente em torno de 25ºC e a pluviosidade mínima de 1.200 mm/ano. Os espaçamentos sugeridos, de acordo com a Emdagro, são: laranjas Pêra e Natal: 6 x 4m (416 plantas/ha); Bahia, Baianinha, Valência: 7 x 4m (357 plantas / ha); Mexerica, Poncã ,Dancy: 6 x 4m (416 plantas/ha); Murcote:6 x 3m (555 plantas/ha); limões Galego e Taiti: 6 x 3m (555 plantas/ha). O coveamento deverá ser: 0,40 x 0,40 x 0,40m a 0,60 x 0,60 x 0,60m. A produtividade esperada por hectare é: 4º ano: 5t; 5º ano: 10t; 6º ano: 15t; 7º ano:20t e 8º ano: 25t, onde estabilizará até o 20º ano, totalizando uma produção de 375t.

Há predominância de cultivos de laranjeiras Pêra D6, clones novos, que são a base de 80% dos pomares, enquanto as cultivares Bahia e Baianinha perfazem 10% dos cultivos. Também são encontradas as variedades: Natal, Valência e das Tangerinas: mexericas, poncãs, dancy, murcote, além de Limões Galego e Taiti. Os porta-enxertos mais utilizados são os limões-cravo e Rugoso da Flórida. 

Principais Tratos Culturais:
* Controle do mato: utilizando-se gradagem ou roçagem.
* Culturas intercalares: realizadas durante a fase jovem da cultura. 
* Plantio de leguminosas: de preferência as de porte arbustivo.
* Podas: eliminar os galhos secos e brotos ladrões.

Pragas e Doenças:
* Ácaros: atacam os frutos e folhas.
* Ortézia: ataca as folhas.
* Gomose: ataca o sistema radicular, causando a morte da planta.
* Clorose Variegada dos Citros (CVC): ocorre em toda planta, causando sua morte.

Resultados físicos e econômicos para um hectare da cultura, em quinze anos:

Custo total de produção
R$ 53.728,09
Preço médio (t)
R$ 242,00
Produção total
250 t
Valor total da produção
R$ 60.500,00

Compartilhe